Siga o Portal do Holanda

Amazonas

TJAM homenageia personalidades com Medalha do Mérito Judiciário em Manaus

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Manaus/AM -  A Medalha do Mérito Judiciário, maior distinção honorífica do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), foi entregue nesta sexta-feira (13) a 18 personalidades,  entre homenageados do Amazonas e de outros Estados, entre eles o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, Josué Neto, e o vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, Conselheiro Mário Manoel Coelho de Mello, entre outras autoridades que se sobressaíram no exercício de seus deveres constitucionais ou se diferenciaram pela notoriedade do saber jurídico; relevantes serviços prestados à Justiça Estadual e produtividade. 

A sessão solene de outorga da medalha, conduzida pelo presidente da Corte Estadual, desembargador Yedo Simões, aconteceu no Auditório Desembargador Arthur Virgilio do Carmo Ribeiro, no edifício Anexo da Sede do TJAM, com a presença de grande número de autoridades civis e militares, familiares dos agraciados e servidores do Tribunal.

  "O Tribunal de Justiça do Amazonas, por meio do Conselho da Ordem do Mérito Juridiário, presta hoje este reconhecimento a 18 personalidades que, no exercício de suas funções, contribuíram com o Poder Judiciário e com a sociedade de uma forma geral, dotados que são de grande espírito público. Cada um no seu mister se destacou, no exercício dos seus deveres constitucionais, sendo exemplo de dedicação e abnegação. São todos merecedores da homenagem com a mais alta insígnia do Judiciário Estadual do Amazonas. Alguns, posso dizer, são velhos companheiros de caminhada, com os quais tive a oportunidade conviver desde minha juventude e que, para minha alegria, estão entre os homenageados", destacou o Presidente.


Foto: Raphael Alves 

Após a abertura da sessão solene pelo presidente Yedo Simões, coube ao desembargador Ari Moutinho a mensagem de saudação e a leitura do currículo dos 18 agraciados. Em seu pronunciamento, Ari Moutinho frisou a importância do reconhecimento. "Homenageados, cada um hoje aqui, contribuiu para o engrandecimento das pessoas e das instituições, em nome do bem-estar social. Por determinação do presidente do egrégio Tribunal de Justiça do Amazonas, cumpro a honrosa missão de saudá-los. A Medalha da Ordem do Mérito Judiciário tem o objetivo de reconhecer a atuação de pessoas que prestaram relevantes contribuições para o desenvolvimento da sociedade", afirmou o desembargador.

 O governador do Estado, Wilson Lima, uma das autoridades a receber a medalha, falou em nome dos demais homenageados, agradecendo ao Tribunal pela distinção conferida a eles através da outorga da tradicional medalha. "Todas as pessoas que estão aqui são pessoas que têm compromisso com a história do Amazonas e seus legados, sua trajetória, comprovam isso. Esta homenagem aumenta ainda mais a nossa responsabilidade, o nosso dever de honrar este gesto. No meu caso particular, a homenagem que recebo aqui deve ser compartilhada com a minha família e com todas aquelas pessoas, como os meus secretários e todos os servidores públicos do Estado, que se empenham junto comigo nesta missão de escrever uma nova história para o Amazonas", disse o governador.

Agraciados

Nesta edição, na categoria “Grande Mérito”, a honraria foi outorgada: ao governador do Estado do Amazonas, Wilson Miranda Lima; ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, deputado estadual Josué Cláudio de Souza Neto; ao vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, Conselheiro Mário Manoel Coelho de Mello; à corregedora-geral do Ministério Público do Estado do Amazonas, Jussara Maria Pordeus e Silva; ao desembargador presidente do Tribunal de Justiça do Pará no Biênio de 2017/2019, Ricardo Ferreira Nunes; ao desembargador presidente do Tribunal de Justiça do Pará no biênio de 2009/2011, Rômulo José Ferreira Nunes; ao desembargador membro do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Nidson Araújo da Cruz; ao corregedor-geral da Justiça do Estado de São Paulo, Geraldo Francisco Pinheiro Franco; ao vice-chefe de Tecnologia da Informação e Comunicação do Exército, general de Divisão, Decílio de Medeiros Sales; e ao sócio-proprietário da empresa Tellescom, Marco Jerez Telles.

Na categoria “Mérito Especial”, a honraria foi outorgada: ao vice-prefeito de Manaus, Marcos Sérgio Rotta; ao prefeito de Codajás, Abraham Lincoln Dib Bastos; ao juiz de direito da Entrância Final do TJAM, Bismarque Gonçalves Leite (in memoriam); ao ex-superintendente da Zona Franca de Manaus e Técnico de Incentivos Fiscais da Seplancti, Appio da Silva Tolentino; ao médico responsável técnico pelo Serviço de Cirurgia do Aparelho Digestivo e supervisor do Programa de Residência Médica do Hospital Universitário Getúlio Vargas, Rubem Alves da Silva Júnior.

Já na categoria “Mérito”, os agraciados foram: os servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas: Raquel Santos de Aguiar, diretora de Controle e Fiscalização dos Serviços Extrajudiciais da Corregedoria Geral de Justiça; Lucas da Silva Gonçalves (in memoriam), chefe de gabinete da Vice-Presidência, e Adélia Maria Pereira Costa, analista judiciária.

Fonte: TJAM.




Insegurança sem fim. O que Moro está fazendo?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.