Siga o Portal do Holanda

Policial

Ação desarticula grupo criminoso responsável por desmatamento ilegal no Amazonas

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quem pode parar Bolsonaro já está nas ruas


Manaus/AM - Um grupo criminoso que atuava em ações de desmatamento ilegal dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, que abrange os municípios de Manacapuru, Iranduba e Novo Airão, na Região Metropolitana de Manaus (RMM) foi desarticulado nesta semana. A RDS é uma das 42 Unidades de Conservação (UC) do Estado gerenciadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). 

A operação foi deflagrada na quarta-feira (20) e teve fim nesta sexta-feira (22). A operação ocorreu após diversos moradores da RDS relatarem a saída constante de caminhões carregados de madeira de dentro da área protegida.

Na rodovia AM-352, quilômetro 19, as equipes encontraram um acampamento, que servia de base para as ações criminosas no entorno. Extensos ramais foram abertos na área para a exploração ilegal de madeira, que era feita principalmente por meio de cortes seletivos de árvores para dificultar a identificação do crime por drones ou imagens de satélite. 

Nenhum dos homens possuía documentos de posse da área ou autorização para supressão vegetal. Eles foram encaminhados para a Delegacia Interativa de Manacapuru, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental.

Com o decreto, o Estado antecipa o seu plano operativo de enfrentamento aos incêndios florestais, que tendem a aumentar no período de estiagem. O governo anunciou ainda a adesão do Estado à ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), na Amazônia Legal, determinada pelo Governo Federal no início do mês.

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.