Siga o Portal do Holanda

cidade mais atingida no brasil

Avanço do coronavírus em Manaus foi 'devastador', diz estudo da Fiocruz

Publicado

em

Foto: Portal do Holanda/Pedro Braga Jr Foto: Portal do Holanda/Pedro Braga Jr
Foto: Portal do Holanda/Pedro Braga Jr

Sobre ‘Poder’ ficar com a mulher do melhor amigo


Manaus/AM - Manaus foi a capital mais atingida pelo novo coronavírus no Brasil, segundo um estudo publicado pela Fiocruz. A pesquisa ainda aponta que a capital amazonense se tornou o epicentro do vírus em abril, quando registrou 915 mortes em uma semana.

De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 350% de mortes em Manaus durante o mês de abril, considerado o "pico" da doença, em relação ao mesmo período de 2019. O número superou São Paulo, a cidade com mais casos registrados da doença, com 111.296 infectados e 7.667 mortes, até esta terça, que ficou com 28% de aumento de óbitos em comparação ao ano passado.

Em entrevista ao Jornal Nacional, a epidemiologista da Fiocruz, Jesem Gadelha avaliou que Manaus superou os casos graves no mundo. "Nós temos outros relatos de situações igualmente graves, como em Guaiaquil, no Equador. Como algumas cidades da Itália, Nova York, nos Estados Unidos. Mas nada parecido com o que foi visto em Manaus", disse.

O avanço do coronavírus na cidade foi considerado devastador pelos pesquisadores e consideram o relaxamento do isolamento social uma decisão precipitada. “Os dados mais recentes mostram que a gente ainda tem um aumento do número de casos. O ideal, e nós vimos em outros países, era que esse isolamento, essa diminuição do isolamento foi tomada quando a curva claramente estava na descendente”, disse Felipe Naveca, pesquisador da Fiocruz no Amazonas.




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.