Siga o Portal do Holanda

Brasil

Número 2 da Fazenda é candidata 'fortíssima' ao comando da Caixa, segundo equipe de Bolsonaro

Publicado

em

Foto: Michel Filho

BRASÍLIA — A secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, é candidata "fortíssima" a assumir a presidência da Caixa Econômica Federal no novo governo. Segundo auxiliares do presidente eleito Jair Bolsonaro, ela é o nome favorito por ter feito uma reestruturação importante no banco, melhorando os resultados da instituição. Eles também afirmam que Ana Paula já manifestou interesse em ir para a Caixa.

Atualmente, ela é presidente do conselho de administração do banco e foi uma das responsáveis pelo novo estatuto, que foi ajustado para melhorar a governança e reduzir o nível de ingerência política na instituição. No entanto, há um grupo liderado por funcionários do banco que defende a permanência de Nelson de Souza no comando. Ele é funcionário de carreira da instituição,  está na presidência do banco desde abril deste ano e tem atuado de forma alinhada a  Ana Paula. 

A secretária-executiva foi convidada, mas recusou o convite do governador eleito do Rio, Wilson Witzel, para comandar a secretaria de fazenda do estado. Ana Paula, que já comandou o Tesouro Nacional, foi  secretária de Fazenda do Espírito Santo, onde implementou um duro programa de ajuste fiscal.

Dúvida na Petrobras

Em outro posto de destaque no próximo governo, Bolsonaro foi indagado nesta quarta-feira sobre a possibilidade de manter Ivan Monteiro à frente da Petrobras. O presidente eleito disse a jornalistas que “não está previsto”, mas que o assunto será tratado por Guedes:

- Não está previsto não. Tem que falar com o Posto Ipiranga. Quem vai tratar deste assunto é o Paulo Guedes.

A estatal não comentou. Fontes ligadas à empresa afirmaram que não houve convite oficial a Monteiro até a noite desta quarta. Nos corredores da estatal, o clima é de incerteza. Monteiro é visto como uma continuação da reestruturação da companhia iniciada por Pedro Parente, que deixou o cargo em maio. Como diretor financeiro de Parente, foi um dos principais responsáveis pela redução do endividamento da companhia.

Na terça-feira, ao anunciar o lucro de R$ 6,6 bilhões no terceiro trimestre, Monteiro fez um balanço dos resultados nos últimos dois anos e disse esperar que o novo governo mantenha a atual política de reajuste dos combustíveis, essencial para recuperação da saúde financeira da empresa.

No pregão desta quarta-feira, as ações preferenciais da Petrobras caíram 3,27%. A Bolsa recuou 1,08%, aos 87.714 pontos.

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Greve dos Rodoviários em Manaus

Amazonas

Copyright © 2006-2018 Portal do Holanda.