Siga o Portal do Holanda

Tem novidade no caso

PMs envolvidos no caso de mortes em baile funk de Paraisópolis são retirados das ruas

Publicado

em

Foto: Reprodução TV Globo Foto: Reprodução TV Globo
Foto: Reprodução TV Globo

A Corregedoria do estado de São Paulo, decidiu afastar seis dos policiais militares envolvidos na ação que resultou na morte de noves jovens em uma baile funk em Paraisópolis, no último domingo (1).

O caso teve ampla repercussão na imprensa nacional e internacional e ainda está cercado de muita polêmica. Isso porque frequentadores e outras vítimas feridas alegaram que a polícia preparou uma emboscada e partiu para a agressão gratuita contra eles.

Enquanto as denúncias são apuradas, a corregedoria abriu um inquérito e decidiu manter os Pés em serviços administrativos. As famílias das vítimas pedem a expulsão deles da corporação, mas o comandante da Polícia Militar do estado de São Paulo, coronel Marcelo Vieira Salles, afirma que é necessário aguardar a conclusão da perícia e a apresentação de de eventuais provas para se tomar uma decisão.

A maioria das vítimas eram menores e não moravam próximo ao local do baile, um deles tinha ido a primeira vez para uma festa. Ele e as outras oito pessoas morreram pisoteados, contudo, a polícia também investiga o caso de uma mulher foi ferida na perna por um disparo de arma de fogo.

Essa informação pode abrir um precedente contra os agentes, já que eles alegam não terem feito uso de arma de fogo contra as pessoas que participavam da festa.

Servidores do Amazonas reagem a 'mordida' de salários pelo governo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.