Siga o Portal do Holanda

As ligações sombrias do capitão Bolsonaro

Publicado

em

O que estaria por trás do interesse súbito do capitão, não o presidente, Jair Bolsonaro em recontar uma história das mais perversas dos tempos da repressão militar aos grupos de esquerda no Brasil? Seria uma ‘estória da caserna’ ou a revelação de ligações sombrias?

O capitão Jair vem da ultradireita militarista e seu discurso ainda hoje denota uma quase veneração à ideologia da repressão, especialmente ao torturador Brilhante Ustra.

DISCURSO DE ÓDIO - Em seu discurso de ódio nas redes sociais, volta-se contra a instituição que é símbolo da resistência democrática, a OAB, mesmo colocando em risco as ‘memórias dos porões’.

REPRESSÃO - O relatório ‘secreto’ RPB 655, do Comando da Aeronáutica fica claro que a prisão do estudante Fernando Santa Cruz em 22 de fevereiro de 1974, no Rio, era ação restrita da repressão.

MENTIIRAS - Para Bolsonaro não importa se mente ou diz a verdade, ele quer apenas tumultuar, mesmo que seja desmentido por suas palavras inconsequentes.

CPI DOS COMBUSTIVEIS -  Um grupo de deputados na Assembleia Legislativa do Amazonas articula para arquivar a CPI dos combustíveis.Não interesse para alguns deles levar a investigação para dentro de casa, nem comprometer empresas familiares. É o caso do Deputado Roberto Cidade(PV), vinculado a postos de gasolina, fornecedor de carros alugados para o governo, entre outros serviços.

ATEM TEM TEM Enquanto isso, o oligopólio cresce no setor, principalmente através do grupo ATEM que vem inaugurando postos de gasolina até em locais proibidos pela legislação - próximos a residências em Manaus - e ao longo das duas  estradas que ligam Manaus a Manacapuru, Iranduba, Rio Preto da Eva e Itacoatiara.

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.