Siga o Portal do Holanda

Esportes

Hamilton desbanca Ferrari e lidera 1º treino livre da temporada da F-1

Publicado

em

Após fazer certo mistério nos testes da pré-temporada, a Mercedes mostrou sua força no primeiro treino livre da temporada 2019 da Fórmula 1. No circuito de rua de Melbourne, em preparação para o GP da Austrália, no domingo, o inglês Lewis Hamilton superou a Ferrari e foi o mais veloz na noite desta quinta-feira (no horário de Brasília, tarde de sexta em solo australiano).

O resultado não surpreendeu porque Hamilton é o atual campeão - soma cinco títulos no total - e dominou com certa tranquilidade a segunda metade da temporada passada. Além disso, a Mercedes vem ocupando o topo nos últimos anos sem sofrer maiores ameaças da equipe italiana.

Mas na pré-temporada este equilíbrio de forças parecia pender em favor da Ferrari, com forte performances do alemão Sebastian Vettel e do monegasco Charles Leclerc. Nesta quinta, a dupla foi bem, mas não o suficiente para desbancar o favorito.

Para os fãs, a motivação para esperar um grande duelo entre as duas equipes foi a pequena diferença entre Hamilton e Vettel. Apenas 0s038 superaram os dois pilotos. O inglês liderou o treino ao marcar o tempo de 1min23s599, contra 1min23s637. Leclerc, logo atrás, anotou 1min23s673. Ambos os pilotos da Ferrari completaram 18 voltas no traçado australiano, contra 26 do britânico.

O recordista do dia em quilometragem foi o finlandês Valtteri Bottas, parceiro de Hamilton na Mercedes. Com 30 voltas, ele marcou 1min23s866 e foi o quinto mais veloz desta primeira sessão. Ficou atrás do holandês Max Verstappen, aposta da Red Bull para tentar entrar na briga com Mercedes e Ferrari, com o tempo de 1min23s792.

Outro a registrar 30 voltas no traçado foi o surpreendente russo Daniil Kvyat, em seu retorno à F-1 e à Toro Rosso. Ele foi o sétimo mais rápido da sessão, com 1min24s832. Entre ele e Bottas esteve o finlandês Kimi Raikkonen, agora defendendo as cores da Alfa Romeo (ex-Sauber), com 1min24s816. Todos os melhores tempos do treino foram registrados com pneus macios.

O Top 10 foi completado pelo francês Pierre Gasly (Red Bull), pelo dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) e pelo alemão Nico Hülkenberg (Renault). Diante de sua torcida, o local Daniel Ricciardo esteve aquém do esperado ao registrar somente o 17º tempo da sessão, em sua estreia oficial na temporada pela Renault.

De volta à Fórmula 1, o polonês Robert Kubica teve desempenho discreto. Foi apenas o 19º e penúltimo colocado. Esteve à frente justamente do seu companheiro de Williams, o britânico George Russell. Ambos ficaram até cinco segundos atrás do líder Hamilton.

Kubica, por sinal, protagonizou um dos momentos mais perigosos de um calmo treino. Ele perdeu o controle de sua Williams e só parou na grama, sem maiores consequências. Já o tailandês Alexander Albon, da Toro Rosso, causou bandeira amarela e vermelha, interrompendo o treino, quando faltavam 22 minutos para o fim.

Ele perdeu o controle do seu carro, perdeu a asa dianteira e ficou parado no meio da pista. Por precaução, a sessão foi paralisada por cerca de 10 minutos.

Os pilotos voltam para a pista para o segundo treino livre às 2 horas da manhã desta sexta-feira (pelo horário de Brasília). A busca pela pole position ocorre na madrugada de sábado, às 3 horas (de Brasília). A corrida tem largada prevista para as 2h10 de domingo.

Transporte escolar na Seduc pode chegar a R$ 50 milhões com uma única empresa

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

ABRE A BOCA E FECHA OS OLHOS: LUCIANA FELICORI, RESTAURANTEUR & ENÓFILA

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.