.
Siga o Portal do Holanda

Mundo

Governo da Argentina suspende repatriações de argentinos que estavam no exterior

Publicado

em

Governo do Amazonas erra e pânico cresce com avanço da Covid-19


BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - O presidente argentino, Alberto Fernández, anunciou, na tarde desta quarta-feira (25), que estão suspensas todas as repatriações que o governo havia começado a fazer por conta do cancelamento de voos internacionais comerciais.

"Os voos especiais para fazer com que argentinos no exterior regressem estão suspensos. Peço que os que estão fora do país, que esperem. Decidimos não deixar entrar mais gente no país até que nos organizemos. Vamos oferecer ajuda de recursos a quem está no exterior, mas o certo é que terão de esperar para voltar", afirmou o presidente.

Fernández diz ter orientado a chancelaria argentina a avaliar a situação de pessoas com mais de 65 anos. Eles devem ser estudados "caso a caso", e a chancelaria pode procurar alternativas para ajudar os idosos a retornar ao país. "O restante terá de esperar", disse Fernández.

Existem mais de 20 mil pedidos de argentinos para voltar ao país. Nos últimos dias, houve confusão em um dos voos especiais para repatriados que chegou à Argentina vindo da Europa. Alguns dos passageiros apresentavam sintomas relacionados à Covid-19 e outros ficaram nervosos, chegando a agredir verbalmente as aeromoças. Os pilotos tiveram que pedir calma.

Também houve confusão nas fronteiras terrestres, porque muitas pessoas decidiram viajar ao exterior durante o feriado nacional da Memória pela Verdade e pela Justiça, nesta terça-feira (24), mesmo com a quarentena obrigatória já em vigor.

Nesta segunda-feira (23), o surfista argentino Federico Llamas, chegou do Brasil por terra, tendo violado a quarentena que o impedia de sair do país. Foi detido e levado a sua casa no bairro de Flores, em Buenos Aires. Depois, tentou novamente sair de casa, mas acabou preso em uma cadeia no bairro de Ostende. Ele enfrentará ação judicial.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.