Siga o Portal do Holanda

Contas irregulares

Contas do Hospital Dr. Fajardo são reprovadas em Manaus

Publicado

em

Manaus/AM - O gestor das contas do Hospital Infantil Dr. Fajardo em 2017, Aly Nasser Abrahim, teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), na manhã desta terça-feira (3), durante a 41ª sessão ordinária 2019.

Entre as irregularidades identificadas estão a ausência da declaração de bens; impropriedades referentes à adesão de ata de registro de preço; além do não lançamento de contrato ou aditivo de contrato realizado no ano de 2017, no Sistema E-Contas. O relator do processo, conselheiro Érico Desterro, multou o então gestor a pagar R$ 10 mil no prazo de 30 dias.

Durante a sessão, o então gestor das contas do Instituto de Previdência Social do Servidores Públicos Municipais de Humaitá, Raimundo Alves Aguiar, exercício de 2017, também teve as contas reprovadas pelo Pleno do TCE-AM. O conselheiro-relator Érico Desterro, penalizou Raimundo Alves a pagar ao erário multa no valor de R$ 5 mil.

Veja Também

Regulares com ressalvas

Entre as prestações de contas julgadas regulares com ressalvas com multas estão as contas do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), exercício de 2018, durante a gestão de Marcelo Dutra, multado em R$ 15 mil pelo auditor Luiz Henrique Mendes e as contas do Departamento Municipal de Trânsito de Maués (Demut), de Miguel Antônio Gonçalves, exercício de 2017, penalizado em R$ 1,7 mil pelo conselheiro Júlio Pinheiro.

Os processos foram julgados pelos conselheiros Júlio Pinheiro, Érico Desterro, Ari Moutinho Júnior, Mario de Mello e os auditores Luiz Henrique Mendes, Alípio Filho e Mário Filho. A sessão foi conduzida pela conselheira-presidente, Yara Lins dos Santos, que anunciou a próxima sessão para a próxima quarta-feira (11).

Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.