Siga o Portal do Holanda

descartado a céu aberto

Lixo hospitalar não é da atual gestão, diz prefeitura de Manaquiri

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Uma carga de lixo hospitalar foi encontrada na manhã desta quarta-feira (14), em um terreno baldio, na zona Leste de Manaus.

Após verificação, foi constatado que o lixo pertencia ao município de Manaquiri, no Amazonas.

Ao tomar conhecimento da situação, a Prefeitura de Manaquiri informou por meio de nota que desconhece qualquer material que tenha sido descartado de forma irregular em Manaus e que o material encontrado não faz parte da atual gestão. Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura Municipal de Manaquiri informou que desconhecia qualquer material descartado de forma irregular em Manaus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, este tipo de resíduo é recolhido de forma agendada por uma empresa terceirizada, que fornece o serviço para cidade.

‘O contrato prevê que todo o material hospitalar recolhido no município deve ser incinerado pela empresa. Não podemos permitir que isso aconteça. Não faria sentido algum levarmos algum material do município para descartar de forma irregular na capital’, disse a secretária de Saúde de Manaquiri, Maria Souza.

Entretanto, a prefeitura do município já conseguiu detectar que o material encontrado no terreno não faz parte desta gestão. “A administração passada fez uma parceria com uma igreja e cedeu alguns medicamentos para uma ação social. Tomamos conhecimento que estes remédios venceram e a igreja resolveu descartar por conta própria”, completou a secretária.

Todo o material começou a ser recolhido ainda nesta quarta-feira por quem descartou de maneira irregular. A destinação correta será acompanhada pela prefeitura.”

Susam paga R$ 10 milhões para Bringel recolher lixo hospitalar

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.