Siga o Portal do Holanda

Policial

Marido de mulher morta a facadas em hotel no Centro pede justiça

Publicado

em

Manaus/AM -  Ney da Cruz Porfírio, 50, que era marido de Maria de Lurdes Palheta Costa, que foi assassinada com oito facadas pelo corpo, na noite de terça-feira (20), em um hotel no Centro, disse que não sabia que a esposa tinha um caso amoroso com o suspeito do crime, identificado por Carlos Maky Mota do Nascimento.

“Eu nunca soube que ela teve um relacionamento com ele, porque eu sou casado com ela há 22 anos, e temos 3 filhos. No dia do crime ela saiu pra ir no Centro, porque era costume dela ir. Ela tinha recebido e eu não sei o que ela foi fazer pra lá”, disse.

Ney pediu justiça pela morte da esposa e disse que a mulher era uma pessoa boa, como esposa e mãe. “Eu sobe da morte dela por uma amiga, que disse ter assistido o video dela entrando no motel no Portal do Holanda. Agora quero  que a justiça seja feita”, comentou.

Mayk foi preso na tarde de quarta-feira (21) e confessou o crime.

O 'banho de Sol' do delegado que matou advogado em Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.